Por que definir uma buyer persona em uma campanha de marketing?

Você já parou para pensar se suas campanhas de marketing estão sendo direcionadas para o público certo? Já sabe quem é sua buyer persona? Caso não tenha se atentado para esses detalhes, saiba que para maximizar seus resultados e atrair o cliente ideal é imperativo ter essas informações bem definidas.

Neste post, vamos explicar, de forma bem didática, o que é uma buyer persona e quais são as vantagens em direcionar o conteúdo certo para o seu público ideal. Pronto para mergulhar fundo nessa leitura? Então, vamos começar agora mesmo!

O que é, de fato, uma buyer persona?

Para compreender melhor o seu público-alvo, ou seja, um determinado grupo de pessoas que é interessante para o seu negócio, a maioria das agências de marketing trabalha na construção de personas. Essa ação tem como objetivo saber previamente com quem está se comunicando, garantindo que seu conteúdo chegue ao público certo.

Para sermos mais exatos, buyer persona é um personagem semificcional. Surpreso? Calma! Embora tenhamos dito “personagem”, o termo “semificcional” muda um pouco o sentido dessa história, ou seja, a buyer persona é criada a partir de dados parcialmente baseados na realidade.

Estamos nos referindo, literalmente, da construção do perfil do seu cliente ideal, que pode ser elaborado a partir de pesquisas realizadas com pessoas reais, aquelas que já são seus clientes ou que fazem parte do seu grupo de interesse.

Essas pesquisas visam buscar certas informações sobre seus consumidores, tais como hábitos de consumo, necessidades, desejos, preocupações e interesses — enfim, saber como compram, por que compram e quais problemas estão tentando solucionar.

Quais são as vantagens de saber quem são suas buyer personas?

 

1. Propiciar conteúdos realmente relevantes para os clientes

Com o “boom” da internet, a maioria das empresas está aproveitando o momento para tornar sua marca mais conhecida nesse imenso ambiente online.

Embora o espaço e as oportunidades sejam grandes, a concorrência também é. Dessa forma, torna-se cada vez mais importante aproveitar o momento para oferecer conteúdos realmente relevantes e que se destaquem dos demais.

Com a oferta de conteúdos mais interessantes, é possível ampliar sua comunicação, segmentar seu público e garantir maior engajamento com as suas buyers personas, evitando assim, dispersar tempo e dinheiro com um público pouco interessado no que você tem a oferecer.

2. Proporcionar insights sobre as necessidades dos seus consumidores

Quando se tem uma persona definida, se torna muito mais fácil obter insights sobre suas reais necessidades e quais gatilhos mentais podem ser acionados para encantá-la — afinal, você já terá uma visão completa sobre seu perfil, o que ajudará no direcionamento de suas campanhas de marketing para atingir o nível de sucesso esperado.

Vejamos um exemplo prático:

Suponhamos que seu público-alvo seja voltado para a área educacional. Com algumas pesquisas realizadas com esse público, sua empresa descobre que muitos alunos têm evadido da sua escola devido à crise financeira pelo qual o país está passando no momento.

Muitos sobreviviam de bolsas ou incentivos do governo e, agora, com os cortes na educação, eles não têm como arcar com os gastos para continuar em sua instituição de ensino. Portanto, já deu para se ter uma ideia das principais preocupações e problemas das suas buyer personas, então o que fazer com esse insight?

Procurar soluções para atacar o problema, como a contratação de uma agência digital que possa elaborar um funil de marketing bem otimizado para poder comunicar com essas personas, tentando reeducá-las em relação à importância da sua instituição para sua formação acadêmica.

3. Gerar leads de melhor qualidade para a empresa

Agora que já tem todas as informações importantes sobre sua buyer persona, fica bem mais simples elaborar estratégias de Marketing de Conteúdo para gerar leads mais qualificadas para o seu negócio.

Como foi explicitado no nosso exemplo acima, seu funil de marketing funcionará como um guia durante a jornada dessa buyer persona, direcionando-a até o final do processo, isto é, momento em que ela percebe que tem um problema e que sua empresa pode entregar a melhor solução.

E o seu negócio? Já possui ou está trabalhando em suas buyer personas? Que tal deixar seu comentário sobre o assunto aqui pra gente?

 

Acesse nosso Facebook e saiba mais!

Sorry, the comment form is closed at this time.